Connect with us
img

Favorite News

O dia da vacina – Meios & Publicidade

A lista* - Meios & Publicidade

NOTÍCIAS DE MARKETING NA INTERNET

O dia da vacina – Meios & Publicidade

Vítor Cunha, administrador da JLM&Associados
Já foste? Fui hoje, de manhã. Estava uma grande fila, mas foram todos muito simpáticos, coisa bem organizada, nem parece Portugal, deram-me uma pêra e água, só esperei duas horas e meia. E a enfermeira? Era uma querida, linda. Eu não, tive azar, um enfermeiro brutamontes, parecia que estava a picar cavalos. O pior foi a namorada da mulher do meu tio, nasceu-lhe uma espécie de abcesso debaixo do braço. Coitada, foi para o Santa Maria durante a noite e mandaram-na para casa e nem uma radiografia nem um Benuron. Mas foi Pfizer? Não, Astra. Dizem que a Pfizer provoca erupções na pele. Não, isso nunca ouvi, a que provoca é a da Johnson ou da Janssen, mas na segunda toma. Não conheço ninguém que tenha ficado mal na primeira. Eu conheço, a minha mulher, ficou de cama três dias. Estava péssima. E foi Astra? Não, não, foi Pfizer. E conheces alguém que tenha tomado a russa ou a chinesa? Não, não conheço, mas tenho uma antiga colega que esteve no Brasil e o ex-namorado dela tinha experimentado. Experimentado? Sim, fez parte de um programa experimental. Fuck, isso eu nunca faria. Olha que conheço muitas pessoas que se recusam a ir lá. Mesmo prá Pfizer, que dizem que é a melhor. Não, para mim a melhor é a Astra. A Janssen ou Johnson, ou lá o que é, é a pior. Porquê? Nem imaginas, li um artigo na internet sobre a Johnson e sobre os efeitos que provoca. Uma mulher na Austrália esteve três semanas em coma. E foi a vacina? Diziam lá que sim. E até há casos de mulheres a quem nascem pénis. E tu acreditas? Se acredito? Vi imagens verdadeiras num site coreano. E gostaste? Não gozes comigo, são coisas sérias. Isto do vírus é uma desgraça e não percebo como é que os americanos e os russos já foram à Lua, mas não conseguem arranjar uma cura. Não vai haver cura. Não vai? Não, vai ser como a gripe. Vamos ter que ser vacinados todos os anos. Todos os anos? Alto lá! E vamos ter confinamentos todos os anos? Não, isso não, aproveita agora que as férias vão acabar. Isto foi mesmo muito mau. Pois foi. Tanta gente na pobreza, e os dos restaurantes coitados. O Zé Francisco de Palmela teve que empenhar a casa e pedir dinheiro ao sogro para pagar o leasing das máquinas e da cozinha do restaurante que tinha aberto com o Malé lá para os lados de Fernão Ferro. O Frango? Sim o Frango, bem bom, mas teve azar, abrir quase em cima de uma pandomia, como dizia o outro. Era o Jesus, não era? Era, esse gajo não dá duas para a caixa. E o Vieirinha, na choça, viste? Vi pois, foi no dia em que a minha amiga mais querida foi à vacina, foi uma confusão de dia. Nunca mais me esqueço. Tenho pena dele. Pena? Penas têm as galinhas. E os frangos. Ahahah. O Rei dos Frangos é cá um artista. Olha que é um bom homem, que ajuda quem mais precisa, tem bom coração. Bom coração tem a tua prima que mora em Odivelas, e o coração é tão grande que se vê por fora. Cuidado com o que dizes que a minha mulher está a chegar e ela já anda muito desconfiada. E com isto da pandemia ficou pior. Um gajo não pode chegar a casa meia hora mais tarde que ela já está a ligar ou mandar WhatsApps. Elas andam desconfiadas, mas a tua até tem razão para isso. Quem te mandou meteres-te com a médica de família? Olha que foi pelas boas razões, esta pandemia deixa qualquer um doido e ela ajudou-me muito. E ela aconselhou-te a Pfizer? Não, ela estava com dúvidas, diz que passou pouco tempo e não há literatura sobre estas coisas. Nem literatura nem nada. Eu, se me deixassem e soubesse o que sei hoje, tomava a da Moderna. Moderna? Nã. Eu vi no TikTok uma gaja a passar-se na América com a Moderna. Olha, vem ali o totó do Paulo Silva. Então Paulo, já foste vacinado? Prá semana, recebi o SMS e vou fazer como o meu vizinho que tanto pediu, tanto pediu que lhe deram a da Astra. Conseguiu? Conseguiu! E vocês já estão despachados? Agora já dizem que vem aí uma nova toma. Já viste como o R está a subir? Parece a bolsa de Nova Iorque. Diziam mal do Trump, mas deixou a economia a bombar. Pois foi. Até loguinho. Até logo, e a ver se isto passa. Nunca mais chega a imunidade de grupo para voltarmos a ir ao Jamaica. O Jamaica? Népias, eu cá sou mais Body Club. E eu sou mais pelo vice-almirante. Um grande homem. É mesmo. Deus o conserve. Ele é que devia ir para o lugar do Cabrita.  Vais ver se ele não vai ser candidato a presidente. Dava um grande presidente. Um militar para por isto na ordem. O Chega e a Mariana iam de vela. Aí iam iam. Manda um beijo à tua mulher que merece por te aturar. Até logo.
*Por Vítor Cunha, administrador da JLM&AssociadosPUB


Source link

Continue Reading
You may also like...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in NOTÍCIAS DE MARKETING NA INTERNET

To Top
error: Content is protected !!